28 de setembro de 2012

Logan em entrevista sobre "As Vantagens de Ser Invisível"


Post-Gazette divulgou hoje uma entrevista que eles fizeram com o Logan sobre As Vantagens de Ser Invisível. Vejam:

Mesmo Mae Whitman e seus colegas de elenco não sabiam tudo que Logan Lerman estava passando no set de "As Vantagens de Ser Invisível". "Mae realmente foi me contando, é tão estranho ver esse filme agora, porque você chegava em casa e tinha tudo do lado de fora - porque eles vinham para o meu quarto o tempo todo - e é tipo, 'Ah, sim, eu tive um dia longo', mas não tínhamos ideia de que estávamos fazendo isso... eu acho que eu sou um pouco calmo quanto a isso", Logan Lerman reconhece.

"Casa" foi o Crowne Plaza hotel em Bethel Park, um dos últimos lugares que os desagradáveis paparazzis poderiam ter pensado em procurar o Sr. Lerman, Srta Whitman, Emma Watson, Ezra Miller ou outros notáveis. Na verdade, o Sr. Lerman passou pela rua indo para o cinema para ver filmes como "O Lanterna Verde" e "Super 8".

Na hora do Toronto International Film Festival, onde o filme teve sua estreia mundial, o Sr. Lerman não tinha visto "Perks", mas opinou sobre assuntos relacionados em uma breve entrevista:

Sobre o romancista/roteirista/diretor Stephen Chbosky: "Ele é uma pessoa doce e amável."

Filmando uma cena importante no interior do túnel Fort Pitt: "Foi incrível, foi muito legal. Quero dizer, a liberdade que nós tivemos para ir até lá e fazer isso, e não havia mais ninguém para interromper aquela hora da noite. Da primeira vez que fiz isso, foi uma corrida, foi realmente uma enxurrada de emoções diferentes. Foi muito poderoso."

Ficar nos subúrbios: "Bem, eu gostei do isolamento. Me ajudou com o papel, mas depois, nos fins de semana e alguns dias de folga, eu podia viajar até a cidade, mas raramente. Eu fiz isso apenas algumas vezes."

Pesquisando o papel: "Eu fiz um monte de coisas diferentes, mas eu diria que o elemento chave de tudo foi o isolamento, sozinho com meus pensamentos, só com o script, apenas lendo-o uma e outra vez, falando as falas em voz alta, descobrindo o que está acontecendo em sua mente e criar um arco claro para ele. Para sua jornada."

Compartilhar os holofotes: "É bom. Todo mundo tem uma parte grande. Stephen fez um trabalho fantástico de criar uma história incrível, mas a criação de personagens muito complicados. Estou orgulhoso de todos no filme e de tudo que eles fizeram."

Traduzir um livro amado: "Devido ao fato de que ele é tão amado e tem uma base de fãs grande, é surpreendente que eu não o tivesse em um grande pedestal, por essa razão eu estava mais focado nos desafios do arco do personagem. "

Memórias de Pittsburgh: "Era um lugar bonito, e eu passei bons momentos lá, boa comida e pessoas... eu fui em um jogo dos Piratas (um time de beisebol local) que foi muito divertido. E foi o estádio de beisebol mais bonito em que eu já estive (ele está se referindo ao estádio PNC Park), a maneira que ele está localizado no centro, é lindo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário